Home » Irlanda » Cenário de ‘Leap Year’ na Irlanda – quando nem sempre a realidade é como se imagina

Cenário de ‘Leap Year’ na Irlanda – quando nem sempre a realidade é como se imagina

Como dizem “cada louco, sua mania”. Uns tem manias de copos, outros de cervejas, mais outros de tulipas, às vezes tudo junto. Enfim eu tenho mania de cenários… Cenários de filmes, seriados, novelas, qualquer coisa, meu negócio é ver um lugar e poder dizer “Aqui foi filmado blá blá blá”. Até aí tudo bem, o duro é quando a pessoa assiste mais de 15 vezes o mesmo filme (sem exagero) e fica aficionada por um lugar bem específico, as ruínas de um castelo.
DSCN3775
O castelo em questão é de uma cena do filme “Casa Comigo” (Leap Year), do estilo “mamão com açúcar”. Ainda no Brasil, já  havia assistido esse filme algumas (muitas) vezes, lembro que passou durante dias em algum canal d e eu sabia exatamente o horário que passava a tal cena do castelo e religiosamente assistia novamente. Voltando à cena, para quem assistiu já assistiu, é a cena que eles estão em uma estação e como o trem ainda ia demorar eles resolvem dar um passeio pelas ruínas.
A rota que a Anna fez para chegar em Dublin.. ah tah!
A rota que a Anna fez para chegar em Dublin.. estranha, mas ok.

Assim que surgiu a oportunidade do intercambio na Irlanda (onde é contada a história do filme), muito rapidamente já estava com todas as coordenadas para chegar ao tal castelo, e já coloquei como meta só voltar depois que conhecesse o lugar. Procurei, vasculhei, li e tudo que eu encontrava, ou achava que estava encontrando, me dava a mesma localização: o Ballycarbery Castle, Co Kerry. Assumi que estava certo, era ali mesmo.

Já em Dublin, fiz o Leonardo assistir o filme comigo e daí começaram os questionamentos…

Tudo bem, a gente não conhece muito de navegação (Leia-se : nada), mas com um pouco de geografia e Google já da pra  ter uma noção que a rota que a moça (a Anna) faz já não tem muito sentido. Ela saiu do País de Gales para vir para Dublin, mas acabou indo para o outro lado da ilha.
Ok, eu estava acreditando no filme, não me preocupei com esses detalhes, mas alguém tinha que quebrar a ilusão né? Esse alguém foi o Leo. Embora a tentativa dele de me fazer mudar de ideia, eu consegui vender a ilusão para mais 3 amigas recém chegadas à Dublin. Resultado… na trip que fizemos pela Irlanda, o tal Ballycarbery Castle foi um dos principais pontos da viagem!
Muitos km rodados, quando chegamos ao local, queríamos “sentir” a cena do filme, subimos nas ruínas, tiramos muitas fotos, mas algo estava estranho. Não se parecia com o castelo do filme, na verdade eu jurava que era igual. Tudo bem, não tinha a estação de trem perto, mas isso já tínhamos definido durante as conversas no carro, que poderia ter sido só um detalhe do filme, que realmente poderia não existir. Enfim…Fiquei encucada, será mesmo que fui iludida?
um passeio (quase) feliz pelo Ballycarbery Castle
um passeio (quase) feliz pelo Ballycarbery Castle

Quando finalmente chegamos em casa, não me aguentei, assisti o filme de novo… Na tão esperada cena eu ouço o Declan (o carinha que todo mundo adora) falando o nome do castelo “Ballycarbery”, voltei a fala dele três vezes para ter certeza, e deu aquela aliviada: – Acerteeeei! Deixei o filme rolar e a cada passo deles em direção às ruínas, minha ilusão também ia virando pó. Não tinha nada a ver com o castelo que fomos. Ai eu tive a brilhante ideia de fazer mais uma busca..achei um post este aqui, sobre os 10 mitos do filme. Um deles era sobre o castelo, que na verdade o nome existe, mas eles usaram outras ruínas, de um lugar não muito longe de Dublin e ainda melhoraram com computação gráfica. Ah, e realmente a rota que a Anna faz do País de Gales para a Irlanda é bem alternativa.

O castelo "vendido" no filme. Nada a ver com o que fomos! =/ (Leap Year, 2010)
O castelo “vendido” no filme. Nada a ver com o que fomos! =/ (Leap Year, 2010)

 

Pois é, errei! Mais o importante é errar com estilo, porque a viagem foi linda e as companhias d+ 🙂



Booking.com

Sobre Juciara Nepomuceno

Juciara Nepomuceno
Engenheira de Computação por formação, especialista em Qualidade de Software por profissão e uma eterna exploradora por opção. Desde cedo um tanto nômade, mas há um tempinho em Floripa. Duas grandes paixões: viagens e botas de trilha! Prefiro conhecer lugares inusitados aos velhos pontos turísticos.

Veja também

Cliffs of Moher – Um lugar imperdível na Irlanda

Que as paisagens da Irlanda são inesquecíveis, ninguém discorda, mas tem um lugar em especial …

8 Comentários

  1. oi voce ainda mora na Irlanda, tambem me decepcionei com o fato de o castelo do filme nao existir eu amo esse filme, tambem sou louca por cenarios, mas nao tive oportuniada de ve-los pessoalente, mas obrigada pelo post, amei.

  2. Olá, estou em Dublin desde domingo. E já estava pensando em começar a busca por esse local…kkkk…ainda bem que li o que foi postado. Mas me diga uma coisa…onde fica o local onde Declan se ajoelha e pede Ana em casamento?

  3. E a pousada que eles ficaram. Em ‘tipperary’ ela existe? Onde ele pega a galinha e onde tricam o beijo.

  4. Somente agora vi seu post e agradeço vc ter me poupado pesquisas e tempo procurando o que não existe! De qualquer maneira a Irlanda está nos planos e parece que qualquer lugar que se inclua no roteiro será maravilhoso. Adoro esse filme açucarado e o Matthew Goode está ótimo nele. Tks

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *