Home » Chile » Atacama » Atacama – explorando a Laguna Cejar e região do Salar do Atacama

Atacama – explorando a Laguna Cejar e região do Salar do Atacama

Sabe o Mar Morto? Então, essa lagoa é comparada a ele por sua salinidade, e o lugar é demais. Afinal, não é todo dia que você pode simplesmente flutuar na água, não é verdade?! A Laguna Cejar, que faz parte do Salar de Atacama, está localizada há mais ou menos 30km de San Pedro e os passeios mais comuns partem de lá no meio da tarde. É o tempo de se divertir na laguna, conhecer os Ojos del Salar e ainda pegar um pôr do sol sensacional na Laguna Tebinquinche.

Laguna Piedra

Relax

Na verdade, hoje em dia não é mais permitido o mergulho na Laguna Cejar. Isso aconteceu em função alta salinidade da água que formaram grandes (e afiados) cristais de sal por toda a extensão da laguna. Mas há poucos metros da Cejar está localizada a Laguna Piedra, tão salgada quanto a primeira. E é pra lá que todo mundo vai assim que o guia dá as orientações. Quando fomos -em abril- estava quente, porém com um ventinho frio. A água não estava lá muito quente, mas a sensação de não afundar é tão legal que a água gelada se torna um mero detalhe. Mergulhar e abrir os olhos embaixo d’água? Nem pensar! É sal pra valer.

Como se não bastasse ainda tem esse visual

Depois de desbravar toda a laguna e brincar feito criança, era hora de continuar o passeio. Depois da ducha, o guia reuniu o grupo e fomos para o outro ponto, Ojos del Salar. Mais um daqueles lugares do Atacama em que você se pergunta “como é possível?”. São outras duas lagoas, dessa vez de água doce, em que simplesmente parece que o terreno cedeu e duas grandes crateras se abriram. Também é possível mergulhar, mas no nosso caso, passamos essa experiência. Já começava a ventar mais e nosso tempo estava curto.

Ojos del Salar

Por fim, seguimos para a Laguna Tebinquinche, onde o dia termina da melhor maneira possível. Quando fomos a laguna estava seca, por isso o que vimos foi uma imensidão branca, por causa do sal. E enquanto o sol vai se pondo as cores começar a contrastar formando uma imagem que não tem como esquecer, é simplesmente lindo. Para melhorar, é comum que as agencias ofereçam um “piquenique”, um pouco de pisco sour e alguns petiscos.

Pôr do Sol incrível – Laguna Tebinquiche

destino-algum-laguna-cejar-atacama-12

Informações Úteis:

  • Saída: por volta das 15h
  • Retorno: só após o pôr do sol
  • Agência: Terra Extreme (dependendo da quantidade de passeios, essa agência dá um desconto atrativo)
  • Valor da Entrada: 17000 pesos
  • Valor do Passeio: 15.000 pesos – inclui pisco sour e petiscos
  • O que levar: Roupa de banho, toalha, chinelo, agasalho, óculos escuros, protetor solar e água.

Sobre Juciara Nepomuceno

Juciara Nepomuceno
Engenheira de Computação por formação, especialista em Qualidade de Software por profissão e uma eterna exploradora por opção. Desde cedo um tanto nômade, mas há um tempinho em Floripa. Duas grandes paixões: viagens e botas de trilha! Prefiro conhecer lugares inusitados aos velhos pontos turísticos.

Veja também

Girona - a Muralha

O que fazer em Girona? um bate e volta medieval pertinho de Barcelona

Para que gosta de se sentir imerso em história e adora aquele tipo de arquitetura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *