Home » Guest Posts » #SeuDestino – Navegar (é muito mais) que preciso por Daniel Rocha

#SeuDestino – Navegar (é muito mais) que preciso por Daniel Rocha

A participação de hoje do #SeuDestino é especial e vem do mar. Contamos com a participação de um dos fundadores da Academia Náutica e entusiasta quando assunto é velejar, o empreendedor Daniel Rocha. Praticante de vela desde 2005 e especialista nesse nicho, o Daniel conta nesse post como se apaixonou por esta… e mais, ele também vai te mostrar que velejar é mais fácil do que você pensa. Confira!

************************************************************************

#VemProMar com a Academia Náutica
#VemProMar com a Academia Náutica

Pratico iatismo há dez anos, e ainda não conheci uma única pessoa que tenha dito: “Velejar é horrível! Nunca mais quero fazer de novo!”. O que mais ouço é justamente o contrário. Ir ao mar é um prazer, algo viciante. Seja em uma grande embarcação com destino às Ilhas Cagarras na companhia de amigos ou em um Snipe pequenininho para uma regata em dupla nas raias da Baía de Guanabara, navegar é uma atividade tão apaixonante que não pode ser restrita a poucos. O iatismo precisa ser mais acessível. Um dia em alto mar parece equivaler a dez dias de férias.

Por muito tempo me perguntei: “Por que a vela é tão pouco difundida e subutilizada no Rio, uma cidade que tem tudo para ser uma potência em termos de atividade náutica?”. Com alguns anos de pesquisa e muita troca de ideias com velejadores e interessados, descobri dois pontos. O primeiro é a dificuldade de acesso ao mar. Diferentemente de um carro, uma embarcação não tem condições de ser “estacionada” em qualquer lugar. É preciso um número maior de marinas que proporcionem acesso ao oceano e que permitam ao praticante manter seu barco em segurança. Em segundo lugar, está a restrição financeira para adquirir um veleiro. E nessa história o preço não pode ser um elemento limitador.

A alegria em velejar

As razões para esses elementos são inúmeras e ultrapassam as barreiras das questões culturais, sociais, econômicas e ambientais. Por isso, enquanto vendia barcos, elaborei uma lista de itens que poderiam formar uma estrutura para contornar estes empecilhos e permitir que a paixão pelo mar pudesse ser desfrutada por um número maior de cariocas. Foi o motivo de ter criado a Academia Náutica, uma iniciativa para facilitar o acesso ao oceano por meio de um píer privado, mas ainda assim aberto a todos os interessados, sem a necessidade de associações, mensalidades, títulos e toda a burocracia que não tem nada a ver com a vela. Isso é valorizar a liberdade que e o iatismo representa.

Já que os veleiros são caros para produzir e manter, nós também demos um jeito nisso. Criamos um sistema de banco de horas que permite encaixar as práticas no orçamento de cada um. Isso faz com que até mesmo a pessoa mais ocupada do mundo possa encaixar as atividades na sua agenda. Vale lembrar que desde a época de Cristóvão Colombo, entrar em um veleiro era sinônimo de aventura e desbravamentos inimagináveis. Qual criança nunca brincou com isso ou até mesmo se fantasiou de pirata no Carnaval? Quem nunca se viu imaginando em uma ilha paradisíaca com velas ao horizonte e pensou em vivenciar aquilo, se preparar para uma aventura ou férias nesse local?

#VemProMar

Uns preferem as regatas, outros sonham em dar a volta ao mundo velejando. Na busca para realizar o sonho de muitas pessoas, colocamos diversas embarcações ao alcance de todos: veleiros pequenos, grandes, ágeis ou estáveis, confortáveis, com motor, sem motor, de regata, de passeio… Tudo para que o marujo que existe dentro de nós possa ser estimulado e, assim, curtir o espírito velejador!

Por isso, velejar no Rio de Janeiro passou a ser algo simples, flexível e prático. Nada diferente de como sempre deveria ter sido. Uma prática de lazer, sinônimo de liberdade, cenários paradisíacos e aventuras. Está mais do que na hora de ser algo acessível para todo mundo. Sem restrição de idade, nem experiência. Homens, mulheres, crianças e idosos podem praticar a vela, um esporte fantástico e que pode ser desfrutada com as melhores companhias, amigos e familiares. Fica a dica: #VemProMar!

*****************************************************

Nós estamos achando a ideia de velejar fantástica e vocês? Afinal de contas, tem alguma coisa que dê mais paz que o mar?!
Para você que, assim como nós, ficou interessado no assunto e quer mais informações, é bem simples. Acesse:

Site: www.academianautica.esp.br
Facebook: academianauticario
I
nstagram:@academia_nautica

O #DestinoAlgum agradece muito a sua participação, Daniel, representando essa iniciativa tão bacana que é a Academia Náutica. O espaço está sempre aberto!

#VemProMar

 

Sobre DestinoAlgum

DestinoAlgum

Veja também

#SeuDestino – 5 Motivos para levar sua família para Foz do Iguaçu

Depois de algum tempo nosso guest post #SeuDestino apresenta uma das jóias mais lindas do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *