Home » Bolívia » La Paz em dois dia – o que conhecer?

La Paz em dois dia – o que conhecer?

La Paz, a capital da Bolívia, é destino certo para grande parte dos mochileiros que resolvem explorar a América do Sul, seja de ônibus, carro ou avião. Para muitos, assim como foi para nós, a cidade é apenas um ponto de passagem rápida, ou base para aventuras ao redor da capital boliviana. Nem por isso deve ser deixada de lado, existem sim vários pontos a serem explorados por lá, tudo depende do seu tempo.

Alto-La-Paz
La Paz

No nosso caminho rumo a Machu Picchu reservamos apenas 2 dias para La Paz, mas se fosse pela quantidade de coisas a fazer na região, poderíamos ficar mais tempo tranquilamente. No nosso curto tempo, conhecemos a pé a vizinhança do nosso hostel (ficamos no Loki). A localização era ótima, próximo à Calle de Las Brujas, alguns minutos da linha Roja do Teleférico, da Plaza San Francisco e próximo a bares e restaurantes.

 

Calle de las Brujas:

Rodeada de história e mitos, é a rua onde você pode conhecer o coração de uma cultura. Com várias lojinhas vendendo desde estatuetas dos mais variados símbolos culturais até fetos de llamas.  É uma ótima opção para comprar os seus souvenirs bolivianos. Esse mercado está localizado  nas ruas Santa Cruz, Illampu, Linares e Sagárnaga.

alt-calle-de-las-brujas-destino-algum-la-paz-4
Calle de las Brujas

Iglesia de San Francisco:

Localizada na maior praça de La Paz, a Plaza San Francisco, não fica muito longe da Calle de las Brujas. Fica na Calle Murillo entre a Santa Cruz e a Saganarga. A igreja é imensa e com uma arquitetura barroca marcante. A praça, pelo menos quando fomos, estava muito movimentada. É possível fazer o tour guiado pelo interior da igreja.

Iglesia de San Francisco
Iglesia de San Francisco

Teleférico – Línea Roja

Agora mudando um pouco a direção, caminhamos rumo ao Teleférico que liga La Paz à El Alto, pela linha Roja. Nessa linha, embarcamos na Estação Central onde podemos desembarcar tanto na Estação do Cementerio quanto mais a frente, na Estação 16 de Julio, já em El Alto. Claro que fomos até a última estação e a vista de lá é incrível. Dá para ver os cerros nevados, inclusive o Chacaltaya, contrastando com o tom marrom da arquitetura de La Paz. Para chegar à estação Central, é possível caminhar pela Avenida América com acesso à Avenida Peru (onde fica a entrada da estação).

Teleférico - Línea Roja
Teleférico – Línea Roja

Esses foram os 3 lugares de La Paz que nesse curta estadia nos chamou atenção. Mas claro que conhecemos também pubs e restaurantes muito bons, fizemos amizade, conversamos muito. Tivemos também a dificuldade de não achar um mercado “convencional” para comprar itens de higiene pessoal, depois de perder nossa necessaire (como sempre, nem tudo são flores nessas nossas aventuras). Batemos muita perna em La Paz e foi ótimo, depois de intensos 2 dias partimos em uma van que pegamos por um precinho camarada no Cemitério (compensa muito) rumo a Copacabana (veja o vídeo do caminho à Copacabana).

Como uma sugestão, se estiver planejando passar por La Paz, não enxugue o tempo, aproveite para explorar bastante a região e alguns outros pontos que não visitamos, mas adoraríamos ter conhecido:

  • As ruínas de Tiwanaku
  • Valle de la Luna
  • Estrada da Morte
  • Cerro Chacaltaya
  • Mirador Killi Killi

E uma ultima sugestão/dica útil, se pegar um táxi em La Paz, diga para onde quer ir e já combine antes o valor da corrida. Isso pode evitar dores de cabeça.

Sobre Juciara Nepomuceno

Juciara Nepomuceno
Engenheira de Computação por formação, especialista em Qualidade de Software por profissão e uma eterna exploradora por opção. Desde cedo um tanto nômade, mas há um tempinho em Floripa. Duas grandes paixões: viagens e botas de trilha! Prefiro conhecer lugares inusitados aos velhos pontos turísticos.

Veja também

Isla del Sol – trilha no Titicaca

Se você é do tipo que gosta de trilhas e está viajando pela Bolívia, vai …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *