Home » Hungria » Budapeste – As principais atrações do lado Pest

Budapeste – As principais atrações do lado Pest

Como já explicamos no post de introdução à Budapeste, a cidade é formada por dois lados, igualmente interessantes. Nesse post vamos abordar um pouco mais sobre o que fazer em Pest, que é onde fica o aeroporto e onde ficamos hospedados.

Logo que chegamos, visitamos um lugar inusitado e que pouca gente procura, um “mercado de pulgas”. O Ecseri Piac fica bem afastado do centro da cidade, quando fomos decidimos sair do aeroporto e ir direto para lá. Nos perdemos, nos achamos, tivemos a ajuda do motorista do ônibus que não falava uma palavra em inglês, nem nós do húngaro, e chegamos lá. Em resumo, se você adora colecionar antiguidades e também tem curiosidade pelo período de guerra, lá é um ótimo lugar.

Já a região central é onde tudo acontece. Um destaque especial ao metrô, que possui a linha subterrânea elétrica mais antiga da Europa, a linha M1. Não deixa de ser mais uma atração que a cidade oferece.

Atrações indispensáveis:

Parlamento

Localizado às margens do Danúbio, esse edifício impressiona pela arquitetura. Foi construído após a união das três cidades(Buda, Ôbuda e Pest) e concluído em 1904. Durante o dia ou à noite, o Parlamento encanta a todos.

O parlamento húngaro

Sapatos de ferro

Esse foi o lugar que mais me tocou. Próximo ao Parlamento, bem às margens do Danúbio, está localizado esse memorial que lembra os Judeus que foram perseguidos e mortos durante a II Guerra mundial. Eles deixam para traz além da vida, os sapatos.

Sapatos de ferro Budapest

Praça da Liberdade e o Memorial Soviético

Mais um símbolo da luta deste povo. No mesmo lugar, existia um prédio que era um QG austríaco nos tempos de Império Habsburgo, era simplesmente um simbolo da opressão aos húngaros. Após muito sacrifício e luta, houve a libertação do império austríaco e o local acabou se transformando nessa praça.

Além disso, no meio da praça mais um memorial. Um obelisco com uma estrela dourada na ponta. É uma homenagem aos soldados soviéticos mortos durante a II Guerra. Obviamente esse monumento divide opiniões, já que a União Soviética perseguiu e dizimou milhares de judeus naquela época.

Freedom Square

Praça dos Heróis

Além de linda, está bem próxima do Museu de Belas Artes, Zoologico, Castelo de Vajdahunyad. No centro foi erguido o Memorial do Milênio, uma homenagem aos fundadores de Budapest.

Praça dos Heróis

Castelo de Vajdahunyad

Não é bem um castelo daqueles de reis e rainhas. Esse prédio foi construído para exibição do milésimo aniversário do estado húngaro. Está localizado no parque ao lado da Praça dos Heroes. As barraquinhas de comida são ótimas!

Castelo de Vajdahunyad

Basílica de Santo Estevão

Eu tenho um carinho especial por esse lugar, foi nela que começou nossa tradição de acender uma vela em cada cidade que conhecemos. Na época do natal, a feirinha que é montada ali é incrivelmente encantadora. E como tomamos vinho quente, por causa desse lugar não passo um inverno sem sair à busca disso, mesmo aqui em Floripa.

A basílica junto com o Parlamento, são os prédios mais altos de Budapeste, inclusive é possível subir até a cúpula para ter a vista da cidade.

Basílica de St. Estevão

Ponte das Correntes

Definitivamente a mais linda da cidade. Essa ponte dá acesso ao Castelo de Buda e encanta a todos durante a noite com sua iluminação e arquitetura imponente.

Outros lugares:

Quer beber num lugar inusitado? Vá ao  Szimpla. Acredite, é interessante!

Para comer, na rua que dá de frente à Basílica de St. Estevão tem muitos restaurantes e bistrôs bons, inclusive o restaurante que tem o letreiro verde “Budapest”, o restaurante é o Ötkert

Sobre Juciara Nepomuceno

Juciara Nepomuceno
Engenheira de Computação por formação, especialista em Qualidade de Software por profissão e uma eterna exploradora por opção. Desde cedo um tanto nômade, mas há um tempinho em Floripa. Duas grandes paixões: viagens e botas de trilha! Prefiro conhecer lugares inusitados aos velhos pontos turísticos.

Veja também

Girona - a Muralha

O que fazer em Girona? um bate e volta medieval pertinho de Barcelona

Para que gosta de se sentir imerso em história e adora aquele tipo de arquitetura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *